Brexit pode favorecer bancos suíços, diz especialista

"A praça financeira suíça tem um forte potencial para aproveitar sua reputação como refúgio", declarou Urs Rohner, que preside um banco suíço desde 2011

O Brexit pode favorecer o setor bancário suíço, disse nesta quinta-feira em entrevista ao semanário Handelszeitung o presidente do conselho de administração do Credit Suisse, segundo maior banco do país.

“A praça financeira suíça tem um forte potencial para aproveitar sua reputação como refúgio”, declarou Urs Rohner, que preside o banco suíço desde 2011.

O Credit Suisse, que vive um período de forte transformação, encontra-se bem posicionado para enfrentar as turbulências financeiras posteriores ao voto a favor do Brexit, explicou o executivo.