Brent sobe com agravamento da crise no Iraque

Militantes sunitas no norte do Iraque atacaram a maior refinaria do país, alimentando temores sobre exportação

Londres – O preço do petróleo Brent subia para perto de 114 dólares por barril nesta quarta-feira, após militantes sunitas no norte do Iraque terem atacado a maior refinaria do país, alimentando temores sobre as exportações de petróleo do país com algumas empresas estrangeiras retirando trabalhadores das petroleiras do país.

Aumentando ainda mais as tensões, o presidente iraniano, Hassan Rouhani disse que seu país não hesitaria em defender locais sagrados xiitas no Iraque.

“Os preços do petróleo estão reagindo às notícias sobre o ataque à refinaria de Baiji”, disse Olivier Jakob, analista consultoria Petromatrix, na Suíça.

O Brent subia 0,21 dólar, a 113,66 dólares por barril às 11h (horário de Brasília). O petróleo nos Estados Unidos avançava 0,40 dólar, a 106,76 dólares por barril.

Com as preocupações com a interrupção de abastecimento do Iraque, o Brent acumulou alta de 4 por cento na semana passada, a maior alta semanal desde julho do ano passado.