Brent recua com acordo para liberação de portos na Líbia

Rebeldes líbios que ocupam quatro portos de petróleo no leste do país concordaram em encerrar um bloqueio que durava oito meses

Londres – O petróleo Brent recuou baixo de 106 dólares por barril nesta segunda-feira, interrompendo dois dias de alta, depois que rebeldes líbios que ocupam quatro portos de petróleo no leste do país concordaram em encerrar um bloqueio que durava oito meses.

O fim dos bloqueios aumenta a perspectiva de um crescimento da oferta global.

O Brent recuava 0,25 dólar às 11h01 (horário de Brasília), a 106,47 dólares por barril, após atingir mínima de 105,25 dólares mais cedo na sessão.

Já o petróleo nos Estados Unidos operava praticamente estável, com alta de 0,08 por cento, a 101,22 dólares por barril.

Pelo acordo acertado durante o fim de semana, os portos de Zueitina e Hariga, mantidos por rebeldes que pedem mais autonomia em relação a Trípoli, poderiam abrir imediatamente.

Os portos maiores, de Ras Lanuf e Es Sider, seriam liberados em duas a quatro semanas, depois de mais negociações