Brent opera perto de US$110 com expectativa de demanda

Brent é sustentado por oferta ajustada e com a expectativa de um bom crescimento de demanda por parte dos Estados Unidos e da China

Singapura – O petróleo Brent com leve queda mas perto de 110 dólares por barril nesta terça-feira, após registrar o maior ganho diário em quase dois meses na sessão anterior.

O Brent é sustentado por oferta ajustada e com a expectativa de um bom crescimento de demanda por parte dos Estados Unidos e da China, os dois maiores países consumidores de petróleo.

As exportações da Líbia caíram nos meses recentes, retirando até 1,4 milhão de barris por dia de petróleo de alta qualidade do mercado e sustentando os preços para outros tipos de petróleo, como do Mar do Norte.

O banco central da China reduziu os níveis de reservas que os bancos precisam manter em relação a empréstimos para o setor agrícola e para empresas de pequeno e médio porte, ajudando a estimular a economia do país.

O petróleo também ganhou suporte com a expectativa de uma queda nos estoques de óleo bruto nos EUA, sinalizando um consumo saudável à medida que a temporada de viagens de verão se aproxima.

O Brent perdia 0,19 dólar às 11h34 (horário de Brasília), a 109,80 dólares por barril, depois de avançar 1,38 dólar na segunda-feira.

Já o petróleo nos EUA ganhava 0,33 dólar, a 104,74 dólares por barril.

“Nós estamos em uma pequena encruzilhada importante nos mercados de petróleo com ambos os contratos de referência tentando subir acima dos níveis de resistência. As pessoas estão ficando mais confiantes em relação à perspectiva de demanda global”, disse Ric Spooner, analista-chefe de mercado na CMC Markets, na Austrália.