Brasil não será um grande produtor de gás natural, diz Parente

No fim do mês passado, o executivo disse que a companhia considera a possibilidade de buscar ativos de gás no exterior

Rio – O Brasil não é reconhecido como um produtor de gás em grandes proporções, por isso a Petrobras tem necessidade de recorrer a reservatórios de outros países, segundo afirmou o presidente da companhia, Pedro Parente, que participou pela manhã desta quarta-feira, 28, de evento promovido pela FGV-Rio.

“Temos muito poucos campos exclusivamente de gás, como acontece em outras partes do mundo. No Brasil, há uma questão de natureza prática que, para produzir gás é preciso produzir óleo. Essa é uma questão importante. É uma característica dos campos do Brasil, que nos faz antever que, sob o ponto de vista da produção exclusiva de gás, o Brasil não será um grande produtor”, afirmou Parente.

No fim do mês passado, o executivo disse que a companhia considera a possibilidade de buscar ativos de gás no exterior.

Essa seria uma forma de se adaptar ao novo cenário do setor, de transição para uma economia de baixo carbono, em que o gás é tratado como produto de transição.