Brasil não forçará queda no preço de combustíveis

Informação foi passada para a agência de notícias Debtwire por duas fontes próximas ao governo

São Paulo – O governo brasileiro não tem intenção de forçar uma redução no preço dos combustíveis, disseram para a agência de notícias Debtwire Latin America Plus duas fontes próximas ao Ministério de Minas e Energia e Ministério da Fazenda.

“Isso tudo [especulações sobre o assunto] é uma grande besteira”, disse uma das pessoas próximas ao governo. “Não há nada sendo considerado”, completou.

A queda no preço dos combustíveis seria uma alternativa para controlar a inflação. Com o ciclo de cortes na taxa Selic, existe a preocupação de que o IPCA, índice oficial de inflação, termine o ano acima do centro da meta, de 4,5%. No boletim Focus mais recente, divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central, as projeções do mercado indicaram para um IPCA fechando o ano de 2012 em 5,43%.