BNDES vai emprestar US$ 1,2 bi para empresas ativas no Irã

Em agosto, Trump alertou outros países para não se envolverem em negócios com o Irã

O Brasil vai disponibilizar uma linha de crédito de US$ 1,2 bilhão para empresas brasileiras atuarem em cooperação com o Irã, disse a agência de notícias Tasnim no domingo, citando comentários do embaixador do Brasil na república islâmica.

O montante será alocado pelo BNDES, segundo o embaixador Rodrigo de Azeredo Santos. Comentários foram feitos em uma reunião da câmara de comércio em Teerã.

O Irã está sofrendo novas sanções americanas depois que o presidente Donald Trump deixou o acordo nuclear de 2015, acordado entre a república islâmica e as potências mundiais.

Em agosto, Trump alertou outros países para não se envolverem em negócios com o Irã. Procurado, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil não respondeu de forma imediata ao pedido de comentário fora do horário comercial.