BNDES marca audiências para vender distribuidoras da Eletrobras

Após o projeto de privatização ser aprovado em assembleia, a primeira audiência pública deverá ocorrer em 16 de fevereiro

Rio de Janeiro – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou nesta sexta-feira, 9, em nota que marcou para o dia 16 de fevereiro a primeira audiência pública para a venda das distribuidoras da Eletrobras, cuja privatização foi aprovada na quinta-feira em assembleia.

A publicação do edital de desestatização das distribuidoras deverá ocorrer em pelo menos 15 dias úteis após a realização da última audiência pública, no dia 28 de fevereiro.

O banco disse ainda que o leilão está previsto para ofinal de abril, após a realização de road shows com objetivo de atrair investidores.

A primeira audiência pública será sobre a distribuidora de Boa Vista (RR), a Boa Vista Energia S.A.

Na semana seguinte, será a vez das audiências públicas da Amazonas Distribuidora de Energia S.A., no dia 20/2, em Manaus (AM); da Centrais Elétricas de Rondônia S.A. (Ceron), no dia 21/2, em Porto Velho (RO); e da Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), no dia 23/2, informou o BNDES.

As audiências públicas da Companhia Energética de Alagoas (Ceal) e da Companhia Energética do Piauí (Cepisa) serão na última semana de fevereiro, respectivamente nos dias 27 (em Maceió/AL) e 28 (em Teresina/PI).

Paralelamente, o BNDES encaminhará ao Tribunal de Contas da União (TCU) a minuta do edital e seus anexos para análise prévia à publicação.