BNDES lucra R$ 4,7 bi no 1º semestre, alta de 253,6%

Para presidente do banco, resultado veio de uma "composição bastante salutar" entre a intermediação financeira e a área de participações em empresas

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro líquido de R$ 4,760 bilhões no primeiro semestre, alta de 253,9% em relação a igual período de 2017.

Segundo apresentação dos resultados distribuída a jornalistas em entrevista coletiva, a reversão de provisão para perdas, a venda de parte da carteira de ações e uma redução no valor de impairments relativos a essas participações acionárias impactaram positivamente o lucro.

No segundo trimestre, o lucro líquido foi de R$ 2,697 bilhões. Para o presidente do BNDES, Dyogo Oliveira, o resultado veio de uma “composição bastante salutar” entre a intermediação financeira e a área de participações em empresas.