BNDES deixou de emprestar R$25 bi devido à Lava Jato

Segundo Marilene Ramos, se não fosse a deterioração das condições de crédito de empresas do setor envolvidas na operação, o banco teria emprestado R$ 55 bi

São Paulo – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deixou de emprestar 25 bilhões de reais para projetos de infraestrutura em 2016 devido à deterioração das condições de crédito de empresas do setor envolvidas na operação Lava Jato, disse nesta quarta-feira a diretora do banco Marilene Ramos.

“Emprestamos 30 bilhões de reais, teriam sido 55 bilhões não fosse essa situação”, disse ela, durante apresentação a investidores em evento em São Paulo.

Marilene é diretora das áreas de Energia, de Gestão Pública e Socioambiental e de Saneamento e Transporte do BNDES.