BCE deveria descartar referências a juros baixos, diz membro

Orientação do banco tem sido de que os juros permaneçam nos níveis atuais ou mais baixos por um período prolongado de tempo

Frankfurt – O Banco Central Europeu (BCE) deveria retirar a referência a possíveis cortes de juros em sua comunicação de política monetária para proteger sua credibilidade, disse o membro da Comissão Executivo Yves Mersch nesta sexta-feira.

“Por quanto tempo mais podemos continuar a falar de ‘juros ainda mais baixos’ como sendo uma opção de política monetária?” disse Mersch em um evento perto de Hamburgo.

“Considerando a importância da credibilidade para um banco central, como mencionado, não deve haver atraso em fazer os ajustes graduais necessários para a nossa comunicação.”

A orientação do BCE, destinada a garantir aos mercados que a política monetária permanecerá frouxa por anos à frente, tem sido de que os juros permaneçam nos níveis atuais ou mais baixos por um período prolongado de tempo, muito além do horizonte de suas compras de títulos.