BCE atua em função de mandato, não das expectativas

A afirmação foi feita por Jörg Asmussen, membro da diretoria da instituição

Frankfurt – O Banco Central Europeu (BCE) atua em função de seu mandato, e não das expectativas dos mercados, dos economistas e da imprensa, afirmou nesta sexta-feira Jörg Asmussen, membro da diretoria da instituição.

“Faremos ao fim o que considerarmos oportuno, em total independência e de acordo com nosso mandato”, declarou Asmussen em uma entrevista coletiva em Bruxelas, na qual denunciou os “polemistas” e os que “sabem mais que ninguém”, mas que não assumem nenhuma responsabilidade.

Na quinta-feira, a instituição monetária com sede em Frankfurt reduziu a taxa básica de juros ao mínimo histórico de 0,75% e a taxa de depósito a 0%, para tentar reativar a economia da Eurozona com o estímulo ao crédito.

Mas não anunciou outras medidas, como oferecer liquidez aos bancos ou retomar a compra de dívida pública no mercado secundário, o que decepcionou analistas e mercados.

“Os atos são mais fortes que as palavras, em particular quando são oportunos, comedidos e eficazes. É o que cria confiança”, disse Asmussen.