BC eleva projeção de reajuste de administrados em 2017

Segundo a ata do Copom, para este ano, o índice calculado passou para 8,0%, ante os 7,9% expressos na ata do encontro anterior

Brasília – O Banco Central (BC) revisou suas projeções para a alta dos preços administrados em 2017, 2018 e 2019, conforme a ata do último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom).

Para este ano, o índice calculado passou para 8,0%, ante os 7,9% expressos na ata do encontro anterior, em outubro.

No caso de 2018, a expectativa do Copom para os preços administrados é de alta de 4,9%, ante variação de 5,1% verificada no Relatório Trimestral de Inflação (RTI). Já a projeção para os preços administrados de 2019 é de alta de 4,2%, ante 4,3% do documento anterior.

Nesta segunda-feira, 11, o Relatório de Mercado Focus indicou que a estimativa para 2017 no mercado financeiro é de elevação de 7,85% dos administrados. Para 2018, a expectativa está em 4,90% e, no caso de 2019, em 4,30%.

As projeções para os preços administrados ajudaram a formar a base para que o colegiado cortasse na semana passada a Selic (a taxa básica de juros), de 7,50% para 7,00% ao ano. Foi a décima redução consecutiva da taxa.