BB deve elevar Basileia com R$5,5 bi em dívida subordinada

A expectativa do banco é que todo esse montante seja aprovado pelo Banco Central como capital de nível II

São Paulo – O Banco do Brasil informou nesta terça-feira que fez emissões de dívida subordinada no segundo trimestre, no país e no exterior, num total de cerca de 5,53 bilhões de reais.

A expectativa do banco é que todo esse montante seja aprovado pelo Banco Central como capital de nível II, cenário no qual o índice de Basileia da instituição subiria cerca de 89 pontos-base.

Ainda segundo o BB, o Banco Central já autorizou o enquadramento de 1,49 bilhão de reais das emissões, o que corresponde a um incremento em torno de 24 pontos-base ao índice de Basileia do banco.