Bancos privados devem baixar juros, avaliou Mantega

"Tenho certeza de que os bancos privados vão baixar os spreads. Se não baixarem, vão perder mercado"

São Paulo – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, mostrou-se seguro de que as instituições financeiras privadas baixarão os spreads das operações de crédito. Os spreads correspondem à diferença entre o custo pago pelos bancos para tomar dinheiro no mercado e a taxa que eles cobram do consumidor final nos financiamentos.

“Tenho certeza de que os bancos privados vão baixar os spreads. Se não baixarem, vão perder mercado”, afirmou Mantega nesta sexta-feira pouco antes de participar de um seminário promovido pela revista Brasileiros, realizado em São Paulo.

Mantega aproveitou para ressaltar que a Selic continuará caindo desde que as condições da inflação no Brasil permitam. Para ele, os índices de preços no País estão bem comportados. “A inflação neste ano deve ficar entre 4,5% e 5%”, comentou.