Banco holandês nega perdão de 880 mi de euros à Grécia

Banco fez o anúncio após a reunião realizada em Londres com representantes do Ministério das Finanças grego

Haia – O banco holandês ABN AMRO se negou a perdoar os 880 milhões de euros que tinha emprestado à Grécia para a realização de obras no metrô de Atenas, informou nesta quarta-feira a televisão pública neerlandesa ‘NOS’.

O banco fez o anúncio após a reunião realizada em Londres com representantes do Ministério das Finanças grego, onde não chegou a um acordo, segundo a emissora. Após o fracasso das conversas entre as partes, o assunto poderá ser resolvido pela via jurídica.

Os 880 milhões de euros fazem parte de um empréstimo de 1,3 bilhões do banco à empresa pública Hellenic Railways para investimentos no metrô da capital grega.