Banco do Japão mantém política monetária inalterada

O Banco do Japão tem o objetivo de atingir uma meta de inflação de 2% em cerca de dois anos

Tóquio – O Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) manteve sua política monetária inalterada ao final de sua reunião de dois dias nesta quarta-feira, alegando que a economia está melhorando.

O resultado era previsto por todos os 10 economistas consultados anteriormente pela Dow Jones e foi votado com unanimidade entre os membros do comitê de política monetária.

“A economia do Japão começou a se recuperar. Exportações pararam de cair à medida em que as economias no exterior passaram a sair da fase de desaceleração que se mantinha desde o ano passado e estão gradualmente caminhando para uma recuperação”, disse o banco central em uma declaração. A instituição também elevou sua avaliação sobre a economia pelo quinto mês consecutivo.

A instituição afirmou que, embora o núcleo do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) tenha permanecido em deflação, “alguns indicadores apontam para um aumento da inflação”.

O Banco do Japão tem o objetivo de atingir uma meta de inflação de 2% em cerca de dois anos.

A decisão de manter os níveis de compra de ativos marcou a segunda reunião consecutiva em que o BoJ não anuncia nenhuma nova ação após a decisão de lançar novas medidas agressivas de flexibilização em 4 de abril. As informações são da Dow Jones.