Banco do Japão mantém política monetária apesar de recessão

Os nove integrantes do comitê de política monetária confirmaram, por oito votos contra um, o programa de compra de ativos no ritmo atual

O Banco do Japão (BoJ) decidiu manter inalterada a política monetária, apesar do anúncio, na segunda-feira, de que o país entrou em recessão.

Os nove integrantes do comitê de política monetária confirmaram, por oito votos contra um, o programa de compra de ativos no ritmo atual, a 80 trilhões de ienes anuais (quase 660 bilhões de dólares).

Também nesta quinta-feira, o Japão anunciou que registrou em outubro um superávit comercial, o primeiro saldo positivo desde março, mas as exportações caíram 2,1%.

O saldo ficou em 111,5 bilhões de ienes (910 milhões de dólares) em outubro, depois dos 741,76 bilhões de ienes de déficit no mesmo mês do ano anterior.