Balança comercial; IPCA de setembro…

Segunda-feira, 3

– É divulgada a balança comercial brasileira, pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. É esperada uma retração do balanço total, bem como das exportações e importações. A balança deve fechar o mês de setembro com um superávit de 4 bilhões de dólares, ante 4,14 bilhões do mês de agosto. As exportações são esperadas para cair de 16,9 bilhões de dólares para 16,4 bilhões e as importações de 12,85 bilhões de dólares para 12,4 bilhões.

– O Instituto para Gestão de Suprimentos (ISM, na sigla em inglês) divulga os dados relativos à atividade fabril nos Estados Unidos. É esperado que os índices se mantenham estáveis.

– Os fabricantes de automóveis divulgam os dados de vendas de carros nos Estados Unidos. Espera-se que tenham sido vendidos 17,6 milhões de veículos novos no país neste ano.

Terça-feira, 4

– Saem os dados da produção industrial no Brasil. Em agosto a produção havia crescido 0,1% ante julho, mas ainda havia registrado queda de 6,6% em relação ao mesmo mês de 2015.

– A Associação Nacional de Fabricantes de Veículos divulga o balanço da produção de setembro. Em agosto, o número de veículos fabricados desceu para 177.700 unidades, uma diminuição de 6,4% na produção. O número foi 18,4% menor do que a produção do mesmo mês do ano passado.

Quarta-feira, 5

– A chanceler alemã, Angela Merkel, fala sobre o panorama econômico do país para uma conferência da associação de indústria exportadora da Alemanha.

– A fabricante de produtos agrícolas Monsanto divulga seu balanço trimestral. No trimestre passado, a Monsanto havia divulgado faturamento e lucro menor do que o era esperado. As vendas caíram 9% para 4,1 bilhões de dólares e o lucro caiu 37% para 717 milhões de dólares. A companhia recentemente foi comprada pela farmacêutica Bayer no valor de 66 bilhões de dólares.

– Os Estados Unidos divulgam o volume de barris de petróleo em estoque no país. O dado frequentemente tem movimento o preço dos contratos de petróleo no mercado internacional e impactado a bolsa, em especial as ações da Petrobras.

Sexta-feira, 7

– Sai o novo resultado sobre os índices de emprego nos Estados Unidos, divulgados pelo Departamento de Trabalho. Espera-se que a economia americana tenha incorporado 175.000 novos postos de trabalho em setembro, o que indicaria que está se ajustando para um ritmo menos acelerado do que em meses anteriores. Economistas esperam que a taxa de desemprego se mantenha em 4,9% e que o pagamento aos trabalhadores tenha aumentado.

– Acontece a reunião anual do Fundo Monetário Internacional em Washington. A diretora do FMI, Christine Lagarde, participa de uma entrevista exclusiva com o jornalista Michael Lewis, autor do livro The Big Short, que se transformou no filme de mesmo nome lançado no ano passado, sobre a bolha imobiliária de 2008.

– O IBGE divulga os dados do IPCA de setembro, o principal medidor da inflação no Brasil. É esperado que o índice cresça somente 0,11% no mês, ante o crescimento de 0,44% em agosto. Na comparação anual, o IPCA deve fechar setembro com 8,5% ante os 8,97% do mês anterior. A redução do índice acompanha análise de economistas de que a inflação está caminhando para patamares menores.