Austrália restringe admissão de estrangeiros em redes fast-food

Segundo comunicado, "os trabalhadores australianos, em particular os jovens, devem ter prioridade"

Sydney (Austrália) – O governo da Austrália anunciou nesta quinta-feira novas restrições às redes de fast-food que atuam no país para a contratação de estrangeiros com visto temporário de trabalho.

Com as novas regras, as empresas terão que provar que a contratação se deve a uma necessidade específica.

“Os trabalhadores australianos, em particular os jovens, devem ter prioridade”, disse em comunicado o ministro de Imigração da Austrália, Peter Dutton.

Austrália permite a entrada temporária de trabalhadores qualificados por até quatro anos com vistos que requerem convite por parte de uma empresa instalada no país.

Essa é a primeira vez que um setor industrial inteiro é proibido de contratar estrangeiros na Austrália, apesar de a haver a possibilidade de contratações sejam feitas em circunstâncias excepcionais.

“Os negócios que precisem genuinamente de trabalhadores estrangeiros que contribuam para o crescimento econômico serão considerados”, explicou Dutton.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Samila Veras

    m

  2. Edgar Ferreira Da Silva

    Setor industrial ou redes de fast food??