Atividade industrial inicia segundo trimestre em queda

A utilização da capacidade instalada da indústria diminuiu 0,5 ponto percentual, passando de 81,5% para 81%

Brasília – A atividade industrial iniciou o segundo trimestre em queda, informou hoje (5) a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os indicadores dessazonalizados mais diretamente ligados à produção registraram retração em abril ante o mês de março.

As horas trabalhadas, por exemplo, caíram 0,6%. A utilização da capacidade instalada da indústria diminuiu 0,5 ponto percentual, passando de 81,5% para 81%. É o pior resultado desde fevereiro de 2010, quando foram registrados 80,8%, segundo os dados divulgados pela CNI. O emprego recuou 0,6%, o pior indicador desde abril de 2009.

A exceção entre os indicadores ruins foi o faturamento real da indústria de transformação que, segundo a CNI, teve aumento de 0,2% de março para abril, sem as influências sazonais. Foi o terceiro crescimento seguido ante o mês anterior. O gerente executivo da CNI, Renato da Fonseca, dará detalhes sobre o comportamento da indústria em abril ainda pela manhã.