Arrecadação federal tem alta de 0,45% em novembro

No acumulado do ano, até novembro, a arrecadação teve crescimento real de 0,68%

Brasília – A arrecadação de impostos e contribuições federais teve alta real de 0,45% em novembro, na comparação com o mesmo período de 2011, totalizando em termos nominais, R$ 83,707 bilhões. No acumulado do ano, até novembro, a arrecadação somou, em termos nominais, R$ 926,014 bilhões, com crescimento real de 0,68%.

De acordo com informações divulgadas pela Receita Federal, influenciaram o resultado de novembro, além de fatores macroeconômicos, as arrecadações extraordinárias. Também tiveram influência as desonerações tributárias, usadas pelo governo para enfrentar a crise, principalmente da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), incidente sobre os combustíveis, do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre os automóveis, da folha de salários, e do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) das pessoas físicas.

Em instantes, a secretária adjunto da Receita Federal, Zayda Manatta, dará detalhes da arrecadação no mês de novembro.