Argentina: BC cumpriu metas monetárias de 2011

O Banco Central do país disse que a sua medida de referência M2 de oferta monetária cresceu 29% - apenas um ponto porcentual acima da meta de 27,9%

Buenos Aires – O Banco Central da Argentina informou nesta quinta-feira que cumpriu suas metas do programa monetário estabelecido para 2011. O BC disse que a sua medida de referência M2 de oferta monetária cresceu 29% – apenas um ponto porcentual acima da meta de 27,9% inicialmente prevista pela instituição.

“Em 2011, nós também alcançamos outros objetivos estabelecidos no programa monetário relativos ao aumento da monetização da economia e à ampliação do crédito”, informou, ainda, a autoridade monetária argentina. Empréstimos em peso (moeda local) cresceram 49,2% no ano passado, de acordo com o banco, constituindo o maior aumento em empréstimos nos últimos anos.

Enquanto isso, o crédito oferecido ao setor privado – tanto em peso como em moeda estrangeira – subiu 2,2 pontos porcentuais, atingindo a marca de 13,9% do Produto Interno Bruto (PIB). As informações são da Dow Jones.