Após meses de críticas, Trump recebe presidente do Fed na Casa Branca

Sobre política monetária, Powell apenas disse que sua "política dependerá completamente dos dados econômicos" durante o encontro

O presidente americano, Donald Trump, recebeu nesta segunda-feira o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central), Jerome Powell, após meses de críticas e ameaças de demissão.

Também participaram do jantar o vice-presidente do Fed, Richard Clarida, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

Durante o encontro, Powell “não citou suas previsões a respeito da política monetária, exceto para insistir no fato de que sua política dependerá completamente dos dados econômicos”, informou o Fed em um comunicado.

Ele também destacou que política do Fed busca “apoiar ao máximo a criação de empregos e a estabilidade dos preços e que baseará suas decisões em uma análise prudente, objetiva e apolítica” da economia.

Este foi o primeiro encontro entre Trump e Powell desde que o último foi nomeado presidente do Fed pelo republicano em novembro de 2017.

Trump fez duras críticas a Powel durante meses, com acusações de um aumento excessivo das taxas de juros, enquanto a economia mostrava sinais de desaceleração.

O Fed aumentou em 2018 as taxas de juros em 0,25% em quatro ocasiões, o que encareceu o crédito para o consumidor e freou, portanto, as perspectivas de crescimento.