Aneel divulga que preço da conta de energia vai cair em setembro

Mais cedo, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) indicou que a precificação continuaria na bandeira vermelha, mas segundo a Aneel isso vai mudar

São Paulo – A bandeira tarifária na conta de energia para setembro será amarela, o que indica um menor custo para os consumidores em relação a agosto, quando houve bandeira vermelha, informou nesta sexta-feira a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Na bandeira amarela, há um acréscimo de 2 reais a cada 100 kWh. Na vermelha, há um custo de 3 reais a cada 100 kWh (Patamar 1).

“O fator que determinou a bandeira amarela foi a melhora das condições hidrológicas nas regiões Sul e Sudeste”, afirmou a Aneel.

Segundo o relatório do Programa Mensal de Operação (PMO) do Operador Nacional do Sistema (ONS), o valor da usina térmica mais cara em operação é de 411,92 reais/MWh, o que determinou a redução da bandeira vermelha para a amarela.