Aneel autoriza operação de nova turbina em Jirau

O projeto se aproxima, dessa forma, de um total de 20 turbinas em operação comercial. Esse número deve ser alcançado até dezembro

São Paulo – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou, nesta terça-feira, 25, o início da operação comercial da unidade de geração (UG) 37 da usina hidrelétrica de Jirau, em Rondônia.

O projeto se aproxima, dessa forma, de um total de 20 turbinas em operação comercial. Esse número deve ser alcançado até dezembro.

Com a incorporação da UG 37, válida a partir de hoje, a capacidade instalada da usina supera 1.200 MW.

Jirau terá, ao final do projeto, 50 turbinas com 75 MW de potência cada e capacidade total de 3.750 MW.

A energia assegurada de Jirau é de 2.185 MW médios.

No início deste mês, a Aneel já havia autorizado o início das operações, ainda em fase de testes, das turbinas UG11, UG35 e UG36.

O projeto localizado em Porto Velho é coordenado pela empresa Energia Sustentável do Brasil (ESBR), uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) que tem em seu bloco de controle a GDF Suez, com 40% de participação, além de Chesf, Eletrosul e Mitsui, com 20% cada.