Analistas preveem contração econômica de 3,62% em 2015

Estes cálculos, que após uma semana foram revisados em baixa, figuram no Boletim Focus, uma publicação semanal do Banco Central

São Paulo – A economia contrairá 3,62% em 2015 e a inflação alcançará 10,61%, segundo a previsão dos analistas privados do mercado financeiro divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central.

Estes cálculos, que após uma semana foram revisados em baixa, figuram no Boletim Focus, uma publicação semanal do Banco Central que inclui uma pesquisa realizada com cem analistas de instituições financeiras privadas sobre o estado da economia nacional.

De acordo com as novas projeções, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil contrairá 3,62%, diferentemente do que havia sido divulgado na semana anterior, quando os analistas falavam de contração de 3,50%.

Os economistas elevaram também de 10,44% para 10,61% a previsão para a inflação deste ano.

Para 2016, o mercado prevê uma contração da economia de 2,67% e uma inflação, revisada de novo em alta, de 6,80%.

Se estes dados se confirmarem, o Brasil registraria dois anos seguidos de crescimento negativo.

A maior economia da América Latina, em recessão técnica, já encadeou seu terceiro trimestre consecutivo em números vermelhos, o que revela a grave crise econômica que o país atravessa.

Para tentar endireitar as maltratadas públicas, o governo brasileiro impulsionou um polêmico ajuste fiscal que inclui uma redução das despesas e um aumento dos impostos, assim como uma restrição do crédito.