Algodão terá preço mínimo de R$54/arroba, diz Dilma

Valor pago hoje pela Política de Garantia de Preços Mínimos do governo federal é de R$44,60 por arroba

São Paulo – Depois de dez anos sem reajuste, o preço mínimo do algodão subirá para 54 reais por arroba, disse nesta terça-feira a presidente Dilma Rousseff.

O valor pago hoje pela Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) do governo federal é de 44,60 reais por arroba, segundo a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa).

A política de preços mínimos é utilizada pelo governo federal para orientar políticas de apoio a determinadas culturas. Quando os preços caem abaixo do mínimo estabelecido, as autoridades podem implementar medidas, que incluem até a compra direta do produto.

O custo de produção atual, citado pela Abrapa, é de cerca de 57,50 reais por arroba.

O anúncio da presidente Dilma foi feito em discurso durante evento em Lucas do Rio Verde, importante polo produtor de Mato Grosso.