Alemanha e Uruguai impulsionarão negociações entre UE e Mercosul

Os líderes também se comprometeram a redobrar os esforços para que estas negociações culminem no ansiado acordo de livre-comércio

Berlim – A chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, expressaram nesta quarta-feira a vontade compartilhada de impulsionar as negociações entre a União Europeia e o Mercosul e se comprometeram a redobrar os esforços para que estas culminem no ansiado acordo de livre-comércio.

O Uruguai está destinado a ser um “motor” nas negociações entre Bruxelas e o grupo de países integrados no Mercosul, indicou a líder alemã em um comparecimento conjunto com o líder sul-americano, de visita oficial na Alemanha.

“Nós não somos os principais culpados de não haver avanços”, respondeu Merkel a uma pergunta sobre por que essas negociações estavam estagnadas, para apontar que essa situação mudou, no sentido positivo, sob os auspícios do Brasil e Argentina, e agora do Uruguai.

“Vamos trabalhar juntos para encontrar soluções justas para ambas partes”, acrescentou a chanceler.

Vázquez, por sua vez, destacou que o Uruguai “advogou historicamente pelo fim de barreiras e pela eliminação de impedimentos comerciais”, que na sua opinião “dificultam o livre trânsito de bens”

O objetivo de seu país é “reafirmar mais do que nunca estes princípios” e entabular “convênios” que favoreçam a cooperação entre os países respectivos.

Para Vázquez, este é o “caminho adequado” para construir um “âmbito global de desenvolvimento inclusivo e sustentável”.

O Mercosul é uma organização de integração regional adotada inicialmente por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, à qual em fases posteriores foram incorporados Venezuela e Bolívia, este último a processo de adesão.

As negociações entre o bloco comunitário europeu e o sul-americano são um dos aspectos centrais da visita à Alemanha de Vázquez, em cuja agenda estão programados encontros ao mais alto nível político com os contatos com empresários alemães.

O presidente do Uruguai chegou ontem a Berlim e, após sua visita à Alemanha, prosseguirá viagem pela Europa rumo à Finlândia e finalmente Rússia.