Alckmin no Fórum Econômico: Agenda de Temer é a do crescimento

O governador de SP ressaltou o papel do presidente para a "forte recuperação" da economia brasileira

São Paulo – O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), aproveitou nesta quarta-feira, 14, a realização do Fórum Econômico Mundial na capital paulista para fazer afagos ao presidente da República, Michel Temer, também presente ao evento, e manifestar apoio à agenda reformista apresentada pelo emedebista.

“Não é fácil fazer reforma, há um conservadorismo enorme. É difícil mexer nas coisas e nunca o Pais precisou tanto de uma agenda reformista”, comentou o tucano em plenária do fórum, onde dividiu o palco com o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) – que não recebeu do governador o mesmo tratamento elogioso concedido a Temer -, o chanceler Aloysio Nunes e o ex-jogador Pelé.

“A agenda que o presidente Temer colocou é a agenda do Brasil, necessária ao crescimento”, complementou o governador, após dizer que é uma honra para São Paulo receber o presidente da República.

Alckmin, em seu discurso, comentou que o fórum ocorre num dos melhores momentos da economia mundial e de recuperação econômica no Brasil. Lembrou, porém, dos desafios na América Latina da desigualdade de renda, da segurança e da abertura econômica, “quando alguns caminham a um protecionismo não adequado”.

O caminho, ressaltou o governador, é o comércio, a agenda da competitividade e a integração latino-americana.