Abramat vê desoneração de IPI no setor como permanente

Como prorrogação acontece ano a ano, ela informa que indústria de materiais considera desoneração do tributo, bem como da folha de pagamentos, como permanente

São Paulo – A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) considerou positivo o anúncio feito na segunda-feira, 15, pelo Ministério da Fazenda de que haverá prorrogação na desoneração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o setor.

Como a prorrogação acontece ano a ano, a Abramat informa que a indústria de materiais já considera a desoneração desse tributo, bem como da folha de pagamentos, como permanente.

“Isso tem contribuído para reduzir as atuais dificuldades de mercado”, afirmou o presidente da associação, Walter Cover.

A Abramat acrescentou que a redução do IR sobre importação e a retomada do Reintegra em 3% para 2015 são medidas muito positivas, principalmente em função do real supervalorizado.

Os juros reais são estruturalmente altos, afetam muito os juros de mercado, prejudicando a tomada de crédito pelas famílias e empresas, observou a associação.