Abinee prevê queda na receita da eletroeletrônicos

"O crescimento do nosso setor está muito acoplado ao crescimento do PIB", justificou o presidente da entidade, Humberto Barbato

Brasília – O faturamento da indústria eletroeletrônica deve ter uma queda de 4% em 2014, segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), que no início do ano previa uma alta de 5% a 6%.

“O crescimento do nosso setor está muito acoplado ao crescimento do PIB”, justificou o presidente da entidade, Humberto Barbato.

Segundo ele, a Abinee previa alta de 3% para o PIB e agora prevê que o crescimento seja zero.

Houve queda real de 4% do faturamento do setor, na comparação do primeiro semestre de 2014 ante o mesmo período do ano passado.

“Estamos esperando um segundo semestre muito parecido com o primeiro”, disse Barbato.