Abbas exige que EUA garantam direito econômico de palestinos

O presidente palestino exige o direito de seus cidadãos sobre o gás de Gaza e o petróleo da Cisjordânia

Cairo – O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, afirmou nesta sexta-feira no Cairo que exigiu de Washington a garantia “dos direitos econômicos” dos palestinos na Cisjordânia e na Faixa de Gaza.

“Queremos nossos direitos sobre o gás frente ao longo da costa de Gaza e o petróleo da Cisjordânia. Israel realiza escavações a apenas 100 metros da fronteira com a Cisjordânia. Queremos extrair nosso petróleo e o potássio do Mar Morto”, disse Abbas em reunião com redatores-chefes de jornais egípcios.

O dirigente palestino reiterou, ainda, que está disposto a retomar as negociações com Israel se suspender a construção de assentamentos na Palestina, especialmente em Jerusalém Oriental.

“Nós pedimos aos EUA que digam a Israel que se forem sérios no processo de paz, devem suspender toda a atividade dos assentamentos, e quando o cumprirem, participaremos das negociações”, ressaltou Abbas.

Nesse sentido, o presidente da ANP afirmou que participará das conversas quando o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, anunciar com clareza sua postura sobre a solução dos dois Estados (um palestino e outro israelense) sobre as fronteiras de 1967.