A cidade mais cara do mundo tem duas novas concorrentes; veja ranking

Trio que compartilha o primeiro lugar é 7% mais caro para morar do que Nova York, segundo pesquisa de custo de vida da Economist Intelligence Unit

Cingapura, a cidade mais cara do mundo, tem duas novas concorrentes.

Após liderar a pesquisa mundial de custo de vida da Economist Intelligence Unit por cinco anos, a “Cidade Leão”, que fica na Ásia, ganhou as companhias de Paris e Hong Kong, todas empatadas no topo do ranking.

Zurique e Genebra completaram a lista das cinco primeiras e Nova York e Los Angeles recuperaram posições no top 10 — sétimo e décimo lugares, respectivamente — depois de caírem para 13º e 14º no ano passado graças à desvalorização do dólar.

A pesquisa é pensada para ajudar as empresas a calcularem subsídios de custo de vida e construírem pacotes de remuneração para expatriados e viajantes corporativos.

Veja também

O trio de cidades que compartilha o primeiro lugar é 7 por cento mais caro para morar do que Nova York, segundo a EIU, que compila a lista a partir de uma pesquisa com 160 produtos e serviços em 93 países.

A cidade portuária de Osaka, no Japão, também voltou ao início da lista, subindo seis posições e chegando ao quinto lugar. Seul (sétima colocação conjunta), Copenhague (também sétima) e Tel Aviv (10ª) completam o top 10 — que na verdade soma 11 cidades devido ao empate.

“As moedas locais mais fracas derrubaram as cinco cidades australianas e as duas neozelandesas pesquisadas no ranking”, informou a EIU, ao responder sobre a ausência de Sidney, que ficou na 10ª posição no relatório do ano passado.

Fora do top 10, a EIU informou que o custo de vida nas cidades chinesas permanece relativamente estável e que os destinos do Sudeste Asiático subiram no ranking.

Um dos fatores por trás da forte aparição da Ásia no topo da tabela é que algumas cidades asiáticas estão entre as mais caras do mundo para compras de supermercado em geral, segundo a EIU.

Mas embora algumas regiões da Ásia continuem sendo os lugares mais caros da Terra, o continente também faz várias aparições no fim da lista.

“Na Ásia, a melhor relação custo-benefício normalmente é oferecida pelas cidades da Ásia Meridional, particularmente as da Índia e do Paquistão”, informou a EIU. “Até certo ponto isso continua ocorrendo e Bangalore, Chennai, Nova Délhi (todas na Índia) e Karachi (no Paquistão) figuram entre os 10 lugares mais baratos pesquisados.”