5 bancos disputam leilão da folha de salários do Rio, diz fonte

Estão na disputa Caixa econômica Federal, Banco do Brasil , Itaú Unibanco , Bradesco e Santander Brasil

Rio de Janeiro – Ao menos cinco bancos estão interessados no leilão da folha de pagamento dos servidores do Estado do Rio de Janeiro, que será realizado na quarta-feira com preço mínimo de cerca de 1,3 bilhão de reais, disse à Reuters uma fonte do governo estadual.

Estão na disputa Caixa econômica Federal, Banco do Brasil , Itaú Unibanco , Bradesco e Santander Brasil . “Há interesse e haverá disputa”, disse a fonte à Reuters em condição de anonimato.

O banco vencedor do leilão vai administrar a folha de salário dos servidores ativos, inativos e pensionistas do Poder Executivo, arrecadação de tributos e pagamentos de fornecedores.

Em estado de calamidade financeira desde o ano passado, o Rio de Janeiro vem atrasando pagamentos de funcionários ativos e inativos. O salário de maio foi pago parcialmente, e o governo deve o salário de junho e o décimo terceiro de 2016.

“Esperamos pagar com o leilão maio, o que falta, e junho. Se sair por mais do que o valor mínimo, vamos tentar pagar julho também”, declarou a fonte.

O vencedor do leilão poderá prestar o serviço a partir de janeiro de 2018 por um período de 60 meses. Atualmente, o serviço é fornecido pelo Bradesco.

O governo fluminense teme que o leilão seja contestado ou que o valor seja bloqueado por causa das inúmeras dívidas com fornecedores e prestadores de serviço. “Esperamos que não haja contestação ou bloqueio, O leilão é para resolver a vida dos servidores”, disse a fonte.