Virgin aceitará pagamento de voo espacial em bitcoins

O custo de uma viagem ao espaço pela empresa é de 250 mil dólares por pessoa

São Paulo – O CEO da Virgin Galactic, Richard Branson, afirmou que aceitará pagamentos em bitcoins para os interessados em pacotes de viagens espaciais. O anúncio foi feito durante uma entrevista à rede CNBC.

A ideia de aceitar a moeda virtual como pagamento aconteceu após uma comissária de bordo do Havaí pedir para pagar sua viagem ao espaço com bitcoins. Segundo Branson, a funcionária ganhou muito dinheiro porque começou a investir cedo na moeda virtual.

O custo de uma viagem ao espaço pela empresa é de 250 mil dólares por pessoa. Como existe um preço fixo, o pagamento da comissária foi convertido em dólares. Além disso, caso desista de ir ao espaço em alguns meses, a Virgin Galactic pode reembolsá-la.

Branson também é um investidor de bitcoin. Ainda na entrevista, afirmou à CNBC que precisa aceitar como forma de pagamento porque os investidores da moeda virtual são seus potenciais clientes. O empresário acredita que essas são as pessoas que gostariam de fazer uma viagem espacial.

Além disso, Branson afirmou que, apesar dos riscos envolvidos, o pagamento em bitcoins traz uma sensação de segurança por haver um número limitado da moeda virtual pelo mundo. Segundo o empresário, a moeda já enfrentou altas e baixas. Mas acredita que o bitcoin vai se estabilizar a um valor mais alto que o atual.

O primeiro voo comercial da Virgin Galactic deve acontecer em agosto de 2014. Branson, sua esposa e seu filho estão entre os passageiros da viagem inaugural. Celebridades como Kate Winslet e Ashton Kutcher também já têm vôos reservados.