Tese de doutorado de Stephen Hawking está disponível de graça

Um dos trabalhos mais importantes do físico britânico, antes pago, pode ser lido gratuitamente na internet

São Paulo – A tese de doutorado do físico britânico Stephen Hawking, que faleceu nesta semana, está disponível de graça na internet. Intitulado “Propriedades dos universos em expansão”, o documento foi entregue à Universidade de Cambridge em outubro de 1965, quando Hawking tenha 23 anos de idade.

O trabalho era um dos mais procurados do acervo da universidade. Quem quisesse acesso a ele, precisava pagar mais de 80 dólares para conseguir uma cópia.

No ano passado, Hawking disponibilizou a sua tese na internet gratuitamente.“Ao liberar o acesso à minha tese de doutorado, espero inspirar pessoas em todo o mundo a olhar para as estrelas e não para seus pés; a imaginar sobre nosso lugar no universo e tentar encontrar sentido no cosmos. Qualquer um, em qualquer lugar do mundo deveria ter acesso livre e desimpedido não apenas à minha pesquisa, mas à pesquisa de toda a mente grande e questionadora através do espectro do conhecimento humano”, disse o cientista, em comunicado divulgado em outubro de 2017.

A tese de Hawking contrariava a crença da época e mostrava que o universo estava em constante processo de expansão. É claro que, por se tratar de um dos trabalhos mais importantes de uma das mentes mais brilhantes das últimas décadas, são necessários conhecimentos avançados em matemática e física para compreender a linha de pensamento do cientista.

“Cada geração apoia-se nos ombros daqueles que vieram antes deles, assim como eu fiz quando era um jovem estudante de doutorado em Cambridge, inspirado pelo trabalho de Isaac Newton, James Clerk Maxwell e Albert Einstein. É maravilhoso saber quantas pessoas já mostraram interesse em baixar minha tese–espero que não fiquem desapontadas agora que finalmente têm acesso a ela”, disse o físico, também conhecido pelo seu bom senso de humor.

O trabalho de Hawking ajudou a construir sua reputação no meio científico e o levou a ser professor do Gonville and Caius College, da Universidade de Cambridge.