Sonda da NASA Voyager 2 completa 35 anos no espaço

A Voyager 2 foi lançada ao espaço em 20 de agosto de 1977

São Paulo – A sonda Voyager 2, da NASA, completou 35 anos de existência nesse mês. Com isso, ela se tornou a nave da agência espacial americana com maior tempo de uso.

A Voyager 2 foi lançada ao espaço em 20 de agosto de 1977. Ela está a 15 bilhões de quilômetros do Sol. Essa distância é muito maior do que a Terra está da nossa estrela. É como se ela estivesse nos limites do Sistema Solar.

O objetivo da NASA com essa viagem tão longa é entender o que existe além do nosso Sistema Solar. Tudo isso com uma tecnologia desenvolvida há 35 anos pela NASA.

Entre as descobertas feitas pela sonda está o fluxo hexagonal na região do Polo Norte de Saturno. Ela também descobriu que os polos magnéticos de Urano e Netuno estão inclinados, entre outras.

Essa sonda também tem uma irmã gêmea, a Voyager 1. Ela foi lançada ao espaço 16 dias depois, também em 1977. Atualmente, ela está a 18 bilhões de quilômetros do Sol, ainda mais longe do que a Voyager 2. Ela foi a primeira a ver os vulcões de uma das luas de Júpiter, a composição do anel externo de Saturno, entre outras descobertas.

Os Gerentes da missão dizem que as duas naves espaciais estão em ótima forma. Principalmente se for levado em consideração que elas passaram por Júpiter, suportaram o frio por estar longe do Sol e passaram por radiações perigosas. Além disso, eles alegam estar ansiosos com o dia em que as sondas irão ultrapassar os limites do nosso Sistema Solar.