Segundo experimento do CERN confirma Bosón de Higgs

O Bosón de Higgs é considerado a chave na formação do Universo, chamado de "a partícula de Deus"

Genebra – O Atlas, um dos dois experimentos do Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (CERN) que buscam o Bosón de Higgs, chave na formação do Universo, confirmou a observação de uma nova partícula ao nível de 5 sigmas, o que implica que a probabilidade de erro é de uma em três milhões.

“Observamos em nossos dados sinais claros de uma nova partícula, ao nível de 5 sigmas, em uma região de massa ao redor de 126 gigaelétron-volts (GeV)”, disse a porta-voz do Atlas, Fabiola Gianotti, durante a apresentação dos resultados deste experimento.

Gianotti destacou que o excelente funcionamento do Grande Colisor de Hádrons (LHC) e ‘o esforço de muita gente nos permitiu chegar a esta emocionante etapa’.

Minutos antes, o experimento CMS apresentou resultados similares ao nível de 4,9 sigmas.