Satélite Gaia faz foto inédita da Via Láctea

Além do plano, são visíveis apenas alguns poucos objetos, especialmente as Nuvens de Magalhães

A Agência Espacial Europeia (ESA) divulgou nesta sexta-feira uma imagem diferente da Via Láctea feita pelo satélite Gaia, cuja missão é elaborar um mapa 3D da galáxia e produzir um catálogo de 1 bilhão de estrelas.

A imagem, na qual também aparecem as galáxias vizinhas conhecidas como Nuvens de Magalhães, mostra a Via Láctea de perfil, de modo que as regiões mais brilhantes da foto indicam uma maior concentração de estrelas.

“As regiões mais escuras correspondem a densas nuvens interestelares de gás e pó que absorvem a luz das estrelas ao interpor a linha de visão. Esse é plano galáctico, ou seja, a projeção no céu do disco galáctico, uma estrutura plana de 100 mil anos luz de diâmetro e grossura de apenas 1 000 anos luz”, explicou a ESA em comunicado.

Além do plano, são visíveis apenas alguns poucos objetos, especialmente as Nuvens de Magalhães – Grande e Pequena –, e duas galáxias anãs que orbitam a Via Láctea, na parte inferior direita da imagem.