Rússia pretende enviar missão tripulada à Lua em 2029

A Energia constrói nova nave espacial que realizará seu 1º voo de teste em 2021 e dois anos depois essa nave se acoplará à Estação Espacial Internacional

Moscou – A Rússia planeja enviar uma missão tripulada à Lua em 2029, anunciou nesta terça-feira o diretor do consórcio espacial estatal Energia, Vladimir Solntsev.

“É planejado para 2029 um voo tripulado à Lua e uma alunissagem ali”, disse o responsável em entrevista coletiva.

Com esse fim, a Energia constrói uma nova nave espacial que realizará seu primeiro voo de teste em 2021 e dois anos depois essa nave se acoplará à Estação Espacial Internacional.

Em 2025, será realizado o primeiro voo não-tripulado à Lua.

Solntsev destacou que o retorno à Lua, onde o primeiro homem pisou em 1969, é crucial para futuros voos interplanetares.

A agência espacial russa, Roscosmos, decidiu modificar sua estratégia centrada na conquista de Marte após o fracasso em 2011 da missão “Fobos Grunt”, que se propunha extrair amostras em uma das luas do planeta vermelho.

Agora, a prioridade é a Lua e, com esse objetivo, a Roscosmos se propõe inaugurar a base Vostochni (Extremo Oriente russo), que aligeirará a carga suportada pelo Baikonur no Cazaquistão.