Primeiro paciente britânico com Ebola recebe alta

'Tive muita sorte', disse William Pooley, de 29 anos, ao comparar o tratamento que recebeu com o que é realizado na África

O primeiro britânico infectado pelo Ebola na epidemia que afeta o oeste da África recebeu alta nesta quarta-feira em um hospital de Londres.

“Tive muita sorte”, disse William Pooley, de 29 anos, ao comparar o tratamento que recebeu com o que é realizado na África, em uma entrevista coletiva após receber alta no Royal Free Hospital.

“Gostaria que o nível de atendimento fosse o mesmo que recebi”, completou Pooley, que contraiu o vírus em Serra Leoa e foi internado no hospital londrino em 24 de agosto.

O paciente foi tratado em regime de isolamento por uma equipe qualificada, em uma cama confinada e uma área com sistema de ventilação autônomo.

“Era um pouco claustrofóbico”, disse.

Pooley, que integrava a equipe médica de uma ONG em Serra Leoa, participava na vigilância, busca de contatos e enterro de vítimas do Ebola em Kenema, leste de Serra Leoa.

Ele foi o primeiro britânico infectado pelo vírus desde o início da epidemia de febre hemorrágica de Ebola que deixou mais de 1.500 mortos na Libéria, Guiné, Serra Leoa e, em menor, medida Nigéria.