Planetário do Ibirapuera tem sessão grátis sobre buraco negro

Na noite desta sexta-feira, participantes poderão ouvir sobre o feito científico que valida a teoria de Einstein

São Paulo – O Planetário Professor Aristóteles Orsini, que fica no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, realizará nesta sexta-feira (12) uma sessão especial sobre buracos negros.

O evento é inspirado pela divulgação da primeira imagem de um buraco negro, que aconteceu na última quarta-feira. O feito científico valida a teoria da relatividade geral de Albert Einstein, que descreve a gravidade como resultado da curvatura espaço-tempo, a partir da massa e energia.

No evento desta sexta, Pedro Beaklini, astrônomo da Universidade de São Paulo (USP) e o divulgador científico do canal Poligonautas Schwarza falarão sobre a divulgação da imagem e sobre o buraco negro fotografado pela primeira vez na história.

Apesar de gratuita, a sessão tem número limitado de participantes. Por isso, é preciso adquirir entradas na bilheteria do Planetário, com uma hora de antecedência, ou via internet, no site da Ticket Fácil. O evento acontecerá das 19h30 às 21h30