Pedras de joia do Egito Antigo vieram do espaço

São Paulo - A joia da imagem acima foi feita a partir de pedaços de um meteorito que caiu na Terra. Arqueólogos do Museu Petrie de Arqueologia Egípcia descobriram...

São Paulo – A joia da imagem acima foi feita a partir de pedaços de um meteorito que caiu na Terra. Arqueólogos do Museu Petrie de Arqueologia Egípcia descobriram que os antigos egípcios fizeram o item há mais de 5 mil anos, quase dois milênios antes do surgimento da fundição do ferro.

Essas peças foram encontradas por arqueólogos em 1911 em um cemitério pré-dinástico perto da aldeia el-Gerzeh, no Baixo Egito. As nove pedras estavam corroídas, o que deixou os arqueólogos intrigados sobre sua composição. A suposição era que as joias eram feitas de ferro.

Um século depois, os pesquisadores conseguiram digitalizar os itens com feixes de nêutrons e raios gama. A técnica permitiu o estudo da textura do material e a determinação de como os antigos egípcios moldaram as joias.

Isso permitiu a confirmação de que as pedras são feitas de ferro espacial. Os exames mostraram que a joia foi feita de pedras que vieram de um meteorito composto por uma liga de ferro e níquel misturada com outros elementos como cobalto e fósforo.

A presença destes elementos faz este pedaço de ferro muito duro. Ao aquecer e martelar cuidadosamente os pedaços de meteoritos, os egípcios transformaram o material em folhas finas. Estas peças foram, então, amarradas em um colar com outros minerais exóticos, como ouro e pedras preciosas.