Oi leva infraestrutura de telecomunicações para Antártica

Agora, os pesquisadores e militares que estão no local reformado poderão acompanhar a Copa do Mundo

São Paulo – Mais de dois anos após o incêndio (ocorrido em fevereiro de 2012) que destruiu a Estação Comandante Ferraz, a base brasileira de pesquisas na Antártica, os pesquisadores e militares que estão no local reformado poderão acompanhar a Copa do Mundo.

A Oi anunciou nesta sexta-feira, 4, que reconstruiu o sistema de telecomunicações na base, levando o sinal de TV com a transmissão dos jogos, além de serviços de voz, dados e Internet.

A estação terrena de satélite construída pela operadora para ligar a instalação à rede corporativa da Marinha brasileira permite conectividade dos militares e pesquisadores na comunicação.