Novo tremor de 5,4 graus sacode regiões do Chile

Segundo as autoridades, o tremor de hoje não causou vítimas ou danos visíveis e é mais uma réplica do terremoto

Santiago – Um tremor de magnitude 5,4 na escala Richter sacudiu nesta quinta-feira as regiões de Atacama, Coquimbo, Valparaíso e Santiago, no norte e centro do Chile, afetadas pelo terremoto de magnitude 8,4 que no dia 16 de setembro deixou 14 mortos e danos milionários no país.

Segundo as autoridades, o tremor de hoje não causou vítimas ou danos visíveis e é mais uma réplica do terremoto.

O fenômeno ocorreu às 13h13 (horário local, mesmo de Brasília) e seu epicentro se localizou a 19 quilômetros ao noroeste da cidade de Punitaqui e cerca de 300 a norte de Santiago, na região de Coquimbo, informou o Centro Sismológico da Universidad de Chile.

O hipocentro foi a 50 quilômetros de profundidade, detalhou o organismo, enquanto o Centro Geológico dos Estados Unidos (USGS) o determinou a 32 quilômetros sob a superfície e calculou em 5,6 a magnitude do tremor.

O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha assinalou no entanto que o tremor não reuniu as condições necessárias para gerar um tsunami no litoral do Chile.

O Escritório Nacional de Emergência informou que na região de Atacama o tremor foi percebido com intensidades de entre 3 e 2 da escala internacional de Mercalli e de 5 e 3 graus na região de Coquimbo, enquanto em Valparaíso as intensidades foram de 3 e 2 graus e também de 2 na região Metropolitana de Santiago.