Novo plano de Mark Zuckerberg é eliminar as doenças do mundo

CEO tem uma organização médica, dirigida por sua esposa, que vai financiar pesquisas pelos próximos cinco anos

São Paulo – Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, tem uma nova meta: eliminar as doenças do mundo. O executivo vai financiar pesquisas de cerca de 50 cientistas pelos próximos cinco anos com o objetivo de encontrar curas para todas a doenças existentes, de acordo com o Business Insider.

Serão 50 milhões de dólares, ou seja, quase 1 milhão para cada um dos 47 pesquisadores selecionados pelo programa chamado Iniciativa Chan Zuckerberg, administrado pela esposa do CEO, Priscilla Zuckerberg, que é pediatra.

Os projetos financiados vão do desenvolvimento de biochips ao estudo da transmissão da malária.

O programa foi anunciado oficialmente em setembro de 2016, com um orçamento total de 3 bilhões de dólares.

A organização informa que as “pesquisas ajudam a resolver grandes problemas de saúde, encontrando e apoiando os melhores e mais brilhantes biólogos, cientistas, engenheiros e tecnólogos”.

O anúncio foi feito por meio da Chan Zuckerberg Biohub, uma organização médica que integra a iniciativa. Ela é parceria das universidades de Berkley, UCF e Stanford e os pesquisadores dessas instituições participarão do trabalho diário da iniciativa científica.

A meta é curar todas as doenças até o fim deste século.