OMS batiza doença provocada pelo novo coronavírus de COVID-19

Organização informou que vacina para o novo coronavírus pode ficar pronta em 18 meses

São Paulo  O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse nesta terça-feira, 11, que uma vacina contra o coronavírus pode ficar pronta em 18 meses, mas não deu detalhes sobre pesquisas clínicas. “Precisamos fazer tudo o que podemos com as armas disponíveis hoje”, afirmou, em coletiva de imprensa em Genebra, na Suíça.

Durante a coletiva, representantes da entidade revelaram um novo nome para a doença decorrente do vírus: covid-19. “A nomeação previne o uso de outros nomes que podem ser imprecisos ou estigmatizantes. Também nos oferece um formato padronizado a ser usado em futuros surtos de coronavírus”, explicou Ghebreyesus.

Casos confirmados na China

A OMS atualizou nesta terça-feira, 11, o número de pessoas infectadas pelo coronavírus na China para 42.708, com 1.017 mortes. No resto do mundo, são 393 casos em 24 países e uma morte, nas Filipinas. Em coletiva de imprensa em Genebra, na Suíça, representantes da entidade informaram que, entre hoje e quarta-feira, 12, mais de 400 cientistas estarão reunidos na cidade para avaliar a situação da doença.

O diretor-geral da Organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou que a comunidade internacional precisa agir com urgência para evitar que a epidemia tenha impactos globais. “Um vírus tem o potencial de ter mais consequências ruins do que um ataque terrorista”, afirmou Ghebreyesus.