Nave Dragon é lançada com destino à Estação Espacial Internacional

Nave retornará para a Terra com uma carga de 1.500 quilos de materiais de experiências científicas

A nave não tripulada Dragon, da empresa privada americana SpaceX, foi lançada neste domingo (21) com destino à Estação Espacial Internacional (ISS) para uma missão de transporte de material.

O foguete Falcon 9, que transportava a Dragon com uma carga de 2,5 toneladas, se separou da plataforma de lançamento em Cabo Canaveral, Flórida, sudeste dos Estados Unidos, às 5H52 GMT (2H52 de Brasília).

O lançamento da nave previsto para sábado (20), foi adiado em consequência do tempo ruim. A Dragon se separou da segunda fase do foguete menos de 10 minutos depois do lançamento, entrou na órbita prevista e liberou com sucesso os dois painéis solares.

A nave iniciou em seguida a viagem para ISS, situada a 350 km de altitude, e deve chegar a seu destino na terça-feira (23). A Dragon será acoplada à ISS com a ajuda de um braço teleguiado, controlado por dois dos seis tripulantes da Estação Espacial.

A Dragon privada transporta para a ISS 2,5 toneladas de mantimentos, equipamentos e materiais para experimentos científicos. O retorno da nave está previsto para meados de outubro. A Dragon retornará para a Terra com uma carga de 1.500 quilos de materiais de experiências científicas.

Esta é a quinta visita da Dragon à ISS. Em maio de 2012, a Dragon se tornou a primeira nave espacial privada a ser acoplada à Estação Espacial. A SpaceX é a primeira empresa espacial privada que transportou material para a ISS.

O contrato da SpaceX com a Nasa, de 1,6 bilhão de dólares, contempla que a cápsula Dragon realize 12 missões até a estação.