Nasa resolve mistério de rocha em formato de “donut” em Marte

A curiosa rocha foi apelidada 'Pinnacle Island' pelos cientistas e 'donut', esta com cerca de quatro centímetros de diâmetro e de cor branca com o centro vermelho.

A Nasa resolveu o mistério sobre uma curiosa rocha achada em Marte no final de janeiro, que parecia ter saído do nada e apelidada popularmente de “donut” por causa de sua aparência peculiar, similar à deste doce.

O que surpreendeu os cientistas não foi apenas seu aspecto estranho mas, sobretudo, que não encontravam explicação como tinha chegado ali, já que só estava na segunda de duas fotografias tiradas apenas com duas semanas de diferença pelo robô Curiosity. 

A Nasa pôs fim nesta sexta-feira ao mistério ao explicar que o enigmático “donut” não era mais que um pedaço que se soltou de uma rocha maior que se tinha deslocado com suas rodas o próprio robô, um engenho espacial que inspeciona a superfície de Marte na busca de novas descobertas sobre este planeta desde o dia 6 de agosto de 2012.

A curiosa rocha “Pinnacle Island” foi apelidada pelos cientistas de “donut”, esta com cerca de quatro centímetros de diâmetro e de cor branca com o centro vermelho.

“Uma vez que movimentamos o robô Opportunity, após inspecionar a rocha Pinnacle Island, pudemos ver diretamente de cima uma rocha que tinha a mesma aparência incomum e estranha. Nós passamos por cima – com o robô. Pudemos ver as marcas. Daí é de onde veio Pinnacle Island”, disse o membro do projeto Ray Arvidson, da Universidade de Washington em St. Louis.